Notícias

Veja as novidades sobre a Mediação Imobiliária e alguns conselhos que poderá usar na altura de compra, aluguer ou venda do seu imóvel.

Ideias de decoração: dicas para criar um jardim interior em casa

Atualmente, é cada vez mais importante ter um jardim interior em casa, seja por contribuir para a redução da pegada ecológica da casa, ou simplesmente por ser um espaço agradável, com uma vivência saudável e esteticamente aprazível. Um jardim interior poderá ser “aquilo” que faltava na tua casa.

De forma a torná-lo um espaço mais adequado, agradável e útil, deixamos-te algumas dicas – Com a ajuda da MELOM*, empresa especializada e líder em remodelação de imóveis – que deverás ter em consideração ao criar um jardim interior em casa. Toma nota!

Como decidir a área para o jardim interior?
No caso de existir essa possibilidade, é sempre aconselhável criar uma divisão na casa para criares o teu jardim interior. Deverá ser tida em conta a abundância de luz solar e o fácil acesso a um ponto de água.

Se a tua casa tiver uma área pequena, poderás aproveitar um espaço que não esteja a ter uma utilização útil para criar um jardim interior. Por exemplo, um corredor demasiado longo, um espaço na sala que poderá ser organizado de outra forma ou até mesmo uma parede sem decorações podem ser locais perfeitos, desde que tenham uma grande incidência de luz solar.

Tipos de jardins interiores:
Existem diversas formas de criar um jardim interior adequadas às características de cada lar. No caso de uma casa com uma área mais extensa, poderás optar por umjardim horizontal com recurso a plantas de interior e acabamentos em materiais inertes, conhecidos pelas características de não se decomporem e de não sofrerem alteração da sua composição com o passar o tempo (por exemplo, seixos rolados de diferentes cores).

Já no caso de uma casa com uma área mais pequena, poderás considerar a criação de um jardim vertical, no qual é somente necessária uma parede não decorada.

Como delimitar o espaço do jardim interior?
A delimitação do jardim interior pode ser feita de diversas maneiras, tendo sempre em atenção que os materiais utilizados para esse efeito devem ser impermeáveis, devido à necessidade de rega periódica do jardim.

Antes da criação do jardim interior e, no caso de ser horizontal, é importante que toda a área seja impermeabilizada. Podem ser também utilizados lancis de diversos tipos de pedra, por exemplo mármore, de forma a delimitar a passagem entre o jardim interior e a restante área da divisão.

No caso de um jardim vertical interior, a delimitação será garantida pela estrutura de suporte do jardim. A estrutura poderá ser feita de diversos tipos de materiais, tais como madeira, plástico ou até mesmo metal.

Climatização na divisão
Deverás sempre criar o jardim interior numa divisão com uma temperatura amena e muita exposição solar, de forma a garantir a prosperidade do seu jardim.

Aconselha-se a instalação de um sistema de rega automático, no caso das plantas escolhidas necessitarem de ser regadas todos os dias.

Que plantas a escolher?
Para um jardim com manutenção reduzida, devem escolher-se plantas que necessitem de pouca água e de cuidados reduzidos. É ainda aconselhada a escolha de plantas adaptáveis ao interior, tais como catos e suculentas.

O jardim deverá, também, ser coberto por materiais inertes esteticamente agradáveis, tais como a casca de pinheiro ou seixos rolados de diferentes cores.

Entre as plantas que necessitam de pouca água e reduzida manutenção destacam-se a Aloe Vera, a Língua de Sogra, o Cróton ou até mesmo a Palmeira-Leque.

*Este artigo teve o apoio técnico da MELOM Greatflower (Lisboa)

Fonte ImoLeite: https://www.idealista.pt/news/decoracao/conselhos/2019/08/09/40527-ideias-de-decoracao-dicas-para-criar-um-jardim-interior-em-casa (13/08/2019)

NÃO PERCA NENHUMA OPORTUNIDADE
Subscreva a nossa Newsletter
Subscreva!

CONTACTE-NOS