Notícias

Veja as novidades sobre a Mediação Imobiliária e alguns conselhos que poderá usar na altura de compra, aluguer ou venda do seu imóvel.

Comprar casa em planta: como tratar do crédito à habitação nestes casos

Vaga de empreendimentos novos em construção por todo o país atrai cada vez mais interessados nesta alternativa. Especialistas esclarecem.

Num momento em que a construção nova está ao rubro em Portugal, e somam-se os empreendimentos a ser levantados um pouco por todo o país e já a serem comercializados, comprar casa em planta está atrair cada vez mais interessados, pelas vantagens que apresenta: ganhar tempo para ir juntando mais dinheiro e, em muitos casos, intervir na escolha dos acabamentos. Mas como se pode e deve fazer um pedido de crédito à habitação para comprar uma casa em planta? Respondemos com a ajuda de especialistas.

Esta fórmula permite ir pagando a casa pouco a pouco, até alcançar 20% do preço total, média dos adiantamentos efetuados durante o projeto, e poupar o valor necessário para os impostos e despesas do processo. Por exemplo, para um imóvel de 250.000 euros, será necessário destinar pelo menos 13.000 euros para impostos e despesas do crédito habitação.

Uma das dúvidas mais frequentes do processo tem a ver com momento certo para se avançar com o pedido do empréstimo para se efetuar a escritura do imóvel. Segundo os especialistas, o momento ideal é dois ou três meses antes do final da construção e respetiva entrega de chaves.

Essa recomendação é também corroborada por Miguel Cabrita, responsável do idealista/créditohabitação em Portugal, alertando que no processo de aquisição de uma casa em planta, as condições dos empréstimo para habitação e a situação económica das famílias podem mudar, uma vez que prazo entre o lançamento do projeto e a escritura do imóvel pode variar entre meses ou anos. “Durante esse período podemos assistir a alterações de condições por parte das entidades bancárias, as pessoas podem perder o emprego ou aumentar o agregado familiar com o nascimento de uma criança. E qualquer destas alterações terá impacto na oferta de crédito à habitação de cada cliente, pelo que os dois ou três meses de antecedência são razoáveis para minimizar os riscos inerentes ao processo”, considera.

Passos e conselhos antes de contratar o crédito habitação

A recomendação é a mesma que os especialistas dão para quem procura comprar um imóvel usado ou novo já no mercado: consultar o mercado para comparar ofertas e negociar com as entidades bancárias, depois de saber a casa que se pode comprar.

Muitas vezes o promotor do projeto de construção nova tem acordo com uma entidade bancária, mas não se deve avançar para a formalização de um crédito habitação sem consultar o mercado e conhecer as condições oferecidas pelas demais instituições.

E, tal como esclarece a equipa do idealista/créditohabitação, as entidades financeiras podem melhorar as condições através de negociação. O perfil dos clientes que procuram casas em planta costuma agradar aos bancos, porque conseguem uma maior aportação de capitais próprios e a possibilidade de captar vários clientes do mesmo empreendimento leva a condições mais competitivas.

A oferta de crédito habitação disponível

Uma vez esclarecida a dúvida sobre quando solicitar o empréstimo para comprar uma casa em planta, convém rever o que estão atualmente a oferecer os bancos em matéria de crédito habitação.

A boa noticia para os consumidores é que as entidades estão a competir para captar novos clientes, o que permite encontrar condições atrativas.

Com estas considerações em cima da mesa, atualmente podemos encontrar no mercado ofertas de crédito à habitação com taxa variável a 40 anos com taxas de juro a partir de Euribor + 0,95% spread com bonificações (apesar de depender de cada banco, as mais frequentes são a domiciliação de ordenado e contratar o seguro de vida e multi-riscos) e crédito habitação a taxa fixa a 30 anos a partir de 1,40% de taxa de juro.

E qual a melhor alternativa? Neste caso, não uma única resposta. Os especialistas insistem que não existe o crédito habitação perfeito, tudo depende de fatores como as circunstâncias pessoais e financeiras do cliente, o prazo que pretenda contratar o empréstimo e a escolha entre obter tranquilidade com a taxa fixa ou beneficiar dos atuais valores negativos da Euribor no caso da taxa variável. São fatores como este que tornam tão importante analisar o mercado antes de tomar uma decisão que marcará as próximas décadas da vida.

Compara os melhores créditos à habitação em idealista/créditohabitação e esclarece as tuas dúvidas de forma gratuita.
Fonte ImoLeite: https://www.idealista.pt/news/financas/credito-a-habitacao/2021/04/28/47122-comprar-casa-em-planta-como-tratar-do-credito-a-habitacao-nestes-casos (29.04.2021)
NÃO PERCA NENHUMA OPORTUNIDADE
Subscreva a nossa Newsletter
Subscreva!

CONTACTE-NOS