Notícias

Veja as novidades sobre a Mediação Imobiliária e alguns conselhos que poderá usar na altura de compra, aluguer ou venda do seu imóvel.

As vantagens de pré-aprovar um crédito à habitação antes de ter a casa escolhida

A análise prévia do perfil financeiro permite ajustar a procura de casa, em termos de valor, tipologia, localização, por exemplo. Explicamos os detalhes.

Começar pelo crédito à habitação quando se quer comprar casa pode parecer algo estranho, mas na verdade pode ser uma estratégia muito inteligente para quem não quer perder tempo. Mas como se consegue pré-aprovar um empréstimo junto do banco sem ter uma casa escolhida e nem sequer ideia de quanto se irá gastar na compra do imóvel? E porque é boa opção fazê-lo? Explicamos tudo, com a ajuda de especialistas.

A pré-aprovação do crédito à habitação consiste em analisar o perfil financeiro do cliente, avaliar os seus rendimentos, despesas e nível de risco associado, e em função disso calcular um valor de empréstimo para o qual pode obter aprovação, tal como explica a UCI, neste artigo preparado para o idealista/news. O resultado deste procedimento é, portanto, um teto máximo, que reflete o valor de financiamento que a instituição de crédito pode financiar, mediante determinadas condições.

A utilidade desta análise prévia
Definir um intervalo de preços para a pesquisa de casas
Convém recordar que, atualmente, a generalidade das instituições de crédito concede um valor de financiamento máximo de até 90% do valor do imóvel, pelo que ao saber quanto pode obter de empréstimo, o cliente passa também a ter noção do valor da compra a que poderá chegar, evitando perder tempo com opções de casas que não estão dentro da sua atual capacidade financeira. Assim ao começar a procura de imóveis, o potencial comprador já pode definir um intervalo de valores realista, para o qual sabe que pode aprovar o financiamento necessário para concretizar o negócio.

Definir o tipo de casa que pode comprar
De igual forma, conhecer antecipadamente o montante de financiamento que se pode obter antes de se começar à procura de casa pode ajudar a definir outros critérios de pesquisa e seleção de imóveis, como a localização, a tipologia, os metros quadrados (m2), os acabamentos, por exemplo. Saber até que valores se pode ir é uma excelente estratégia para não perder tempo com imóveis que depois não pode comprar ou que podem gerar frustração durante o processo de compra.

Dar uma resposta mais imediata
Muitos negócios não se concretizam, porque os compradores, quando encontram uma casa que gostam, não se podem comprometer de imediato e precisam de obter primeiro a aprovação do valor do crédito à habitação. Nesse intervalo de tempo surge outro comprador interessado que passa à frente. Ter uma pré-aprovação garante que, respeitadas as condições aprovadas (como o valor de compra da casa), se consegue um empréstimo até àquele valor, portanto, se encontrar a casa certa, ao preço certo, só é preciso fechar o negócio.

Agilizar o processo de crédito
Tratar do processo empréstimo, numa altura em que já só pensa em tratar da mudança de casa, por ser algo stressante. Ao se ter a pré-aprovação do empréstimo, está-se a tornar o processo mais simples e célere no final, e até se poderá mudar de casa mais cedo.

“No fim de contas, pré-aprovar o crédito à habitação pode ser uma forma de tornar a compra de casa mais focada e eficaz, sabendo desde o começo com o que pode contar e que tipo de casa pode comprar. Sem perdas de tempo, nem expectativas desajustadas”, resume a UCI.

Fonte ImoLeite: https://www.idealista.pt/news/financas/credito-a-habitacao/2020/09/17/44629-as-vantagens-de-pre-aprovar-um-credito-a-habitacao-antes-de-ter-a-casa (22..09.2020)

NÃO PERCA NENHUMA OPORTUNIDADE
Subscreva a nossa Newsletter
Subscreva!

CONTACTE-NOS