Notícias

Veja as novidades sobre a Mediação Imobiliária e alguns conselhos que poderá usar na altura de compra, aluguer ou venda do seu imóvel.

10 erros que (quase) toda a gente comete a limpar a casa – e como evitá-los

Truques para poupar tempo, esforço e dinheiro na hora de deixar a casa “num brinco”.

Limpar a casa não é a tarefa mais entusiasmante do mundo. Mas há erros e más práticas que podem tornar a tarefa (ainda mais) cansativa. A verdade é que, na maioria das vezes, nem nos apercebemos desses pequenos erros que quase todos nós já cometemos pelo menos uma vez na vida. No artigo de hoje apresentamos-te essas más práticas e algumas formas de evitá-las, para que poupes tempo, dinheiro e esforço.

Com a ajuda do Portal Habitissimo, o idealista/news deixa-te uma espécie de 10 mandamentos do que tens de parar de fazer desde já pelo bem da saúde da tua casa.

1. Não planear
Pode parecer óbvio, mas a verdade é que grande parte das pessoas comete este erro na limpeza da casa. Começar a limpar de forma totalmente aleatória e sem nenhum plano pode tornar-se muito pouco eficiente e até contraproducente. Começa por estabelecer um plano e uma rotina de limpeza para que todas as divisórias e tarefas sejam tidas em conta e nada deixado ao abandono ou por limpar.

2. Começar a limpeza pela ordem errada
Outro dos grandes erros que acaba até por ‘estragar’ muito do trabalho de limpeza que fazes: escolher a ordem errada. Toma nota: a limpeza tem que ser feita sempre de cima para baixo e de dentro para fora. Caso contrário, vais trazer lixo do lado de fora para dentro ou empurrar o “pó” para o chão. Começa sempre por limpar os vidros, depois a mobília e só no fim o chão. Cumpre esta ordem e verás que a limpeza se torna bem mais eficiente e menos cansativa.

3. Não organizar o material e produtos
Começar a limpeza sem ter todo o material e produtos necessários reunidos vai fazer-te gastar o dobro do tempo. Existe até um estudo que defende que perdemos mais tempo à procura das coisas do que efetivamente a realizar a tarefa de limpeza. Garante que tens tudo à mão – podes até utilizar uma ‘checklist’ – e tudo será bem mais ágil.

4. Não utilizar os produtos para o efeito indicado
existe um limpa vidros e um limpa madeiras, por algum motivo é. Não improvises e tenta não utilizar produtos que não são para o fim anunciado, sob pena de danificares até os materiais que está a limpar. No limite, caso não gostes de utilizar produtos muito diferentes, aposta num bom multiusos.

Para cada material, o seu produto / habitissimo
5. Deixar itens por limpar
Existem itens que, ainda de forma inconsciente, deixamos por limpar e não devíamos. Falamos, por exemplo, dos eletrodomésticos (máquina de lavar e secar roupa, máquina de lavar loiça, microondas, entre outros), que ao serem negligenciados depois não conseguem garantir o seu máximo de performance.

Além disso, existem depois alguns pontos específicos da casa que apesar de não parecerem sujos, estão carregados de bactérias. Torneiras, maçanetas de portas e puxadores de armários são usados com muita frequência por todos os que habitam a casa, pelo que deves ter especial atenção e limpá-los bem.

 

Não esquecer puxadores e maçanetas nunca / habitissimo
6. Usar sempre o mesmo pano
Sim, está a fazer bem pior do que se não limpasse. Afinal, está a espalhar bactérias e germes ao utilizar o mesmo pano para todas as zonas! Este é um dos erros de limpeza que mais pessoas cometem e deve parar imediatamente.7. Não deixar os produtos atuarem
Existem alguns produtos de limpeza que nas suas indicações referem que deves deixar atuar durante ‘x’ minutos. Mas a verdade é que por vezes a vontade de terminar é maior e não cumprimos essa indicação. Resultado? Produto mal aplicado e limpeza ineficiente.

Damos-te um exemplo: antes de limpar as juntas dos azulejos deves deixar o produto atuar, pois isso vai permitir que a sujidade fique bem mais fácil de eliminar.

8. Sobrecarregar as máquinas
Outro dos grandes erros de limpeza e que pode sair-lhe bem caro. Está a sobrecarregar a máquina da loiça para poupar? Pois sabe que o resultado pode ser bem desagradável. Se estiveres bem atento, vais perceber que a loiça não ficou bem lavada e que há até alguma que continua suja, pois a água e o detergente não conseguiram alcançá-la durante a lavagem devido à sobrecarga. E o que vai acontecer? Vais acabar por gastar mais energia, água e detergente.

9. Lavar janelas em dias de sol
Sabias que deves limpar as janelas em dias menos soalheiros e com nuvens? Nos dias com muito sol o produto limpa-vidros vai secar muito mais rapidamente, o que resulta em muitas manchas nas janelas.

Sabias deste truque? / habitissimo
10. Não limpar a banca da loiça
Finalmente, não se esqueça de outra regra de ouro no que às limpezas da casa diz respeito: o lava-loiça é outro dos locais com maior número de bactérias lá por casa. Consequentemente é também responsável pela propagação de muitos maus cheiros, e deve ser limpo após cada utilização. Para isso, utilize um detergente neutro sem cheiro e/ou um desinfetante sem cheiro.

 

Fonte ImoLeite: https://www.idealista.pt/news/decoracao/conselhos/2020/01/03/41984-10-erros-que-quase-toda-a-gente-comete-a-limpar-a-a-casa-e-como-evita-los (09/01/2020)

NÃO PERCA NENHUMA OPORTUNIDADE
Subscreva a nossa Newsletter
Subscreva!

CONTACTE-NOS